quarta-feira, 27 de junho de 2007

Torre do Grangeiro

A rapariga entregou os pés à corrente do riacho...

Perfume de hortelã e segurelha na frescura do regadio...

No lugar onde os penedos, entrelaçados por secretos arbustos...

E a resina das estevas fez-se da mesma pele...

Entrelaças coroas de madressilva e rosmaninho...

Saberás então aonde te levam as azinhagas..






Nenhum comentário: