sábado, 19 de julho de 2008

Caeiras




Caeiras – Agora em estado de abandono, foi outrora um grande centro produtor de cal. Bem próximo do pequeno aglomerado de casas, ainda se pode observar um forno em tijolo “burro”, já invadido pela vegetação, onde era cozida a calcite, a partir da qual se fazia depois a cal. Também nas proximidades de Santiago do Escoural há trilhos que levam a outro destes fornos e às feridas que a extracção da pedra deixou na paisagem.

Um comentário:

marialascas disse...

Irei em busca destes trilhos um destes dias. Quanto à arvore das casas dos anoezinhos 8 no Jardim Botânico do Porto) está lá de certeza. Não sei qual é a real, mas em muitas esse cenário é imaginável...