sábado, 27 de fevereiro de 2010

Dias de Sol




Passeio em Cabrela - Maio de 2009


Apenas para recordar como eram os dias cheios de Sol!


11 comentários:

Ivo Rodrigues disse...

Saudações alentejanas !!!

Que saudades que eu tenho desses dia cheios de sol !

Não sei quando vão chegar ..... :-(

Gostava de falar, por causa da orquidea da postagem do domingo, 3 de maio de 2009. será que era possivel ?

Era por causa do meu blog de orquideas silvestres que eu tenho - http://orquideasalem-tejo.blogspot.com/

Obrigado.

Haja saúde !!!

lis disse...

Ezul
Breve chega a primavera em Portugal e muitos outros dias lindos assim, virão.
Lindas fotos.
abraços

Carlos Machado Acabado disse...

Ah! Afinal, a Terra já "flói" outra vez!...
Será caso para dizer que "isto" ao poucos se está, de novo, "a compor"?...
No meio de tantas desgraças que ultimamente se obstinam em sobre ela se abater, finalmente um "raio de luz", "a patch of blue" ["or green"?] um "vislumbre de esperança"?...

É que se nós renunciarmos definitivamente [e só Deus sabe como custa, por vezes, resistir à tentação!...] por muito escasso que seja aquilo que podemos mudar com a nossa intervenção, que fica?
As desgraças num mundo que passa a ser apenas delas: O mundo delas...

[Este, "p'a minha saúde" que eu não apago, ham?!...]

Carlos Machado Acabado disse...

Ah! E a singelíssima flor amarela é linda!
Como se chama?...

Ezul disse...

É verdade! Se deixarmos que nos roubem o tempo para o que consideramos importante, como saberemos de nós?
A flor, que vi pela primeira vez quando era criança, à beira de uma seara do meu avô, chama-se erva das túberas. Nome pouco romântico mas a flor tem a particularidade de ser, para mim, lindíssima e rara, pois só a tinha encontrado daquela vez. Imagine que, há dois ou três anos, descubro, para os lados do Ciborro e das antas, campos e campos cobertos por esta minúscula mas perfeita flor. Dizem que abundam onde há túberas mas isso nunca pude comprovar!

CarlaSofia disse...

O Sol e os dias amenos... que saudades...
deixo um beijinho*

Carlos Machado Acabado disse...

"Eranno... I Giorni Del' Arcobaleno?..."

Sofá Amarelo disse...

Espero matar saudades desses dias já nos próximos tempos... talvez o mais tardar no dia 25 de Abril na Herdade do Freixo do Meio! ah, Primavera!!!

Ezul disse...

Pois é, espero que o Freixo esteja cheio de Sol, de burros, de orquídeas, de caminhadas pelas margens frondosas do Almansor... e que os velhos moinhos guardem as suas estórias e mistérios...que o mestre Zé Salgueiro, ou o mestre Custódio apareçam por lá e contem os segredos das plantas...
:)

juju disse...

este ano estamos a pensar inaugurar o forno. quando é que é mais dificil saber.a horta está a roubar muito tempo ao mestre.mas penso que um dia destes podemos arrancar com a primeira parte que é a de tratar e moldar o barro.

juju disse...

talvez o mestre Custódio va ao freixo do meio nesse dia! e eu secalhar tb.