domingo, 4 de abril de 2010

Domingo de Páscoa


Reparei, há alguns dias, numas frases que decoravam um saco de papel. Um idoso contava a seu neto que trazia dentro do peito dois animais que lutavam entre si: um leão furioso e vingativo e um cordeiro doce e tranquilo. Perguntou-lhe o neto qual deles acabaria por vencer, ao que o avô respondeu: “Vence aquele que eu alimente.”
Pois hoje fui para o campo e levei todos os animais que tinha. Pelas imagens, é bem fácil de ver qual deles morreu à fome.





Um comentário:

marialascas disse...

Sábio avô! Sábio quem sabe escolher em todos os momentos da sua vida qual dos animais que vivem em si deve alimentar, escolhendo a sua própria felicidade... Fico feliz por Ezul!