domingo, 21 de novembro de 2010

Cogumelos


Seja pela forma ou pela cor, os cogumelos sempre me pareceram fascinantes. É verdade que eles eram uma presença indispensável nos contos infantis, nos desenhos animados e também na tradição oral. Temidos pelo veneno, fascinantes porque certas personagens os usavam para entrarem no mundo das maravilhas ou para morarem neles, caso fossem duendes...Pois a todo este imaginário foi-se juntando a observação de uma variedade de formas, de um colorido e, a partir de agora, imagine-se, de texturas e de perfumes muito agradáveis. Durante a manhã de sábado – uma manhã solarenga a encher de cor os campos - fomos observar atentamente as espécies que crescem pelo Montado. A professora Celeste Santos e Silva, da Universidade de Évora, foi identificando os cogumelos que íamos encontrando por todo o lado. Micorrízicos ou Sapróbios, o que é certo é que não consegui reter tanta informação e, apesar de já conseguir reconhecer os boletos, vou continuar a degustar os que encontro bem embalados à venda nas mercearias, os que são cozinhados e servidos nos festivais de gastronomia regional ou por quem adquiriu esse conhecimento com muitos anos de experiência.
http://www.projectos.uevora.pt/cogumelo/






2 comentários:

Carlos Machado Acabado disse...

Verdadeiramente extraordinário e surpreendente o efeito plástico que o bom gosto e a sensibilidade associados à consciência ambiental conseguem tirar do que no fundo não passa de mero... bolor!
Prodigiosa alquimia essa que o talento fotográfico da "anfitriã" escolheu desta vez para receber os "visitantes"!
I AM impressed!!

Ezul disse...

Se conseguir transmitir um pouco da beleza que encontrei por aqueles campos...
Obrigada pelas palavras sempre generosas!
:))