sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Notícias do reino verde






Alentejo
A luz que te ilumina,
Terra da cor dos olhos de quem olha!
A paz que se adivinha
Na tua solidão
Que nenhuma mesquinha
Condição
Pode compreender e povoar!
O mistério da tua imensidão
Onde o tempo caminha
Sem chegar!...          
                      Miguel Torga

3 comentários:

perfume de laranjeira disse...

Luz, Terra, Paz, medir o tempo com a lonjura do olhar...
que saudades do reino verde!...

Beijo de Luz.
Ed.

Ezul disse...

O verde permanece e guarda o tempo!
:))

Sofá Amarelo disse...

O Alentejo será sempre um mistério! Lugar mágico onde a luz, a terra, o cheiro, o verde e o castanho num misturam num mar de sabores e saberes!