domingo, 6 de fevereiro de 2011

É tempo de olhar o céu




É tempo de olhar o azul e de ver as cores reaparecerem em tons de verde e pétalas! É tempo de sentir a aragem do mar trazida pelas gaivotas que vêm do estuário do Sado! É tempo  de acreditar que nem o Inverno pode calar o sonho  e cortar as asas!

8 comentários:

CarlaSofia disse...

Lindas fotos! Já não passava por aqui há tanto tempo! Mas vejo que a terra continua a fluir e que a Natureza tudo vence :)
***
Carla Sofia

Sofá Amarelo disse...

O estuário do Sado espera por mim no próximo dia 27... e não já amanhã porque tenho trabalho!!!

Inspiradoras estas imagens...

Ezul disse...

Obrigada, Carla e Sofá! :)))
Um óptimo passeio!

Carlos Machado Acabado disse...

Muito convincente o conceito contido na imagem das aves surpreendidas em pleno voo.

Lis disse...

Sempre há tempo de reparar na Natureza.
Nunca estive tao atenta.
Um prazer passar por aqui e apreciar suas lindas fotos azuis.
O inverno só acelera o desejo que a primavera chegue florindo os campos , enquanto fico desse lado de cá aguardando o Outono pra abrandar o calor e os temporais que assolam a terra e deixa nosso povo sofrido.
deixo abraços

Vieira Calado disse...

Pois...

vem aí a santa Primavera!

Saudações poéticas

marialascas disse...

E eu que tenho andado a pairar no submundo e julgava que da terra nada tinha fluído!... Foi uma agradável surpresa passar por aqui. Gostei especialmente das pequenas flores azuis, tão singelas que quase nem reparamos nelas.

Ezul disse...

Pois é, mas com Primavera ou sem ela, parece que os erros humanos continuam a flagelar o planeta e a humanidade.
A terra flui,certamente, oxalá eu consiga, um destes dias, ter oportunidade de ir espreitar o que se passa por aí. Por agora, só as palavras fluem dos livros que tenho de ler.
:)